Mulher sobrevive 6 dias sem pulmões à espera de transplante - Terra Brasil

Médicos canadenses revelaram nesta quarta-feira que extirparam os pulmões de uma mulher e conseguiram mantê-la viva durante seis dias até que recebeu seus novos órgãos, um procedimento completado com sucesso pela primeira vez.

Esperando transplante, mulher vive 6 dias sem pulmão - VEJA.com

Melissa Benoit, de 33 anos, estava na fila aguardando um transplante de pulmão quando contraiu uma grave infecção e precisou retirar o órgão. Ela sobreviveu 6 dias com a ajuda de um pulmão artificial até que aparecesse um doador compatível.

A incrível história da mulher que sobreviveu sem pulmões por seis dias - BBC Brasil

Médicos no Canadá conseguiram manter viva por seis dias uma mulher que teve os pulmões retirados à espera de um transplante. Segundo o Toronto General Hospital, o procedimento é inédito e foi a única solução encontrada para salvar a vida de ...

Para sobreviver, mulher fica seis dias sem os pulmões - Globo.com

Médicos canadenses adotaram tratamento arriscado e inédito para salvar a vida de uma jovem mãe. Recuperação foi lenta, mas hoje ela passa bem. Facebook · Twitter · Google+ · Pinterest. Globo Player v0.2.64 ...

Mulher sobrevive seis dias sem pulmões à espera de um transplante - UOL

Uma paciente no Canadá sobreviveu após ficar seis dias sem os pulmões à espera de um transplante - um feito muito raro na história da Medicina. Melissa Benoit, na época com 32 anos, tinha um caso grave de fibrose cística com infecção pulmonar ...

Melissa Benoit: “Levei um tempo para perceber o que aconteceu." (UHN/Divulgação) - EXAME.com (liberação de imprensa) (Assinatura)

São Paulo – Médicos canadenses realizaram um feito que nunca havia sido registrado pela medicina até então. Eles removeram os dois pulmões de uma paciente e conseguiram mantê-la viva por seis dias para que recebesse um transplante do órgão.

Salvam vida a jovem ao lhe retirarem os pulmões - Correio da Manhã

Uma equipa médica do Canadá salvou uma jovem, retirando-lhe os pulmões até conseguirem um dador compatível para o transplante. É considerada a primeira intervenção do género e os cirurgiões do hospital de Toronto decidiram agora contar o que ...

Mulher fica 6 dias sem pulmões à espera de um transplante - Meionorte.com

Médicos canadenses revelaram nesta quarta-feira que extirparam os pulmões de uma mulher e conseguiram mantê-la viva durante seis dias até que recebeu seus novos órgãos, um procedimento completado com sucesso pela primeira vez. Melissa Benoit ...

Mulher vive seis dias sem pulmões… e isso salvou-lhe a vida - TVI24

Médicos tiveram de remover os dois pulmões a Melissa Benoit, de 32 anos, depois de uma gripe que deu origem a uma grave infeção pulmonar. Técnica inédita permitiu salvar a paciente. 2017-01-26 17:48 Tomásia Sousa. Melissa Benoit, o marido e a filha.

Removeram os pulmões de uma mulher para lhe salvar a vida - Jornal de Notícias

Naquela que é considerada a primeira intervenção do género, uma equipa médica do Canadá salvou uma jovem mulher, retirando-lhe os pulmões até conseguirem um dador compatível para transplante. Os cirurgiões do hospital de Toronto contaram agora ...

Canadá. A decisão médica inédita que salvou uma mulher - Observador

Uma equipa médica recorreu à drástica medida de retirar os pulmões de uma mulher para a salvar. Aconteceu no Canadá e durante 6 dias a jovem viveu com suporte artificial pulmonar. Partilhe. O transplante a que Melissa foi submetida é considerado caso ...

Médicos salvam paciente mantendo-a viva por seis dias sem os pulmões - Jornal O Globo

RIO - Pela primeira vez, uma pessoa foi salva depois que médicos canadenses conseguiram mantê-la viva sem os seus dois pulmões durante seis dias. Nascida com fibrose cística, uma rara doença genética, Melissa Benoit desenvolveu uma infecção nos ...

Médicos retiram pulmões a mulher durante seis dias - Expresso

Uma jovem canadiana sobreviveu sem pulmões durante seis dias enquanto os médicos esperavam para lhe fazer um transplante. O caso, que acaba de ser noticiado, ocorreu em abril passado em Toronto, no Canadá. Melissa Benoit, de 32 anos, já mal ...

Seis dias sem pulmões salvaram-lhe a vida - Diário de Notícias - Lisboa

Uma gripe, uma doença genética desfavorável, a fibrose cística, que induz o organismo a produzir substâncias mais espessas, como o muco, e Melissa Benoit, de 32 anos, ficou à beira da morte. Foi no ano passado, em Abril, e os médicos que trataram o ...