This RSS feed URL is deprecated

Os haitianos e brasileiros que tiveram as vidas transformadas pela missão de paz - BBC Brasil

O Brasil já esteve em mais de 50 operações da Organização das Nações Unidas, mas nenhuma foi tão duradoura como a Missão de Paz para Estabilização do Haiti (Minustah), na qual encerrou a participação nesta semana. Durante 13 anos, mais de 37 mil ...e mais »

No Haiti, missão da ONU chega ao fim com legado de ambiguidades - Jornal O Globo

PORTO PRÍNCIPE — Em cada rua de Porto Príncipe — e não é exagero dizer que a cena se repete em praticamente todas as vias da cidade — haitianos vendem algum produto. Às vezes no chão, às vezes em tábuas de madeira puída, a oferta vai de ...e mais »

Após missão da ONU, militares brasileiros começam a retornar do Haiti - Portal Brasil

Brasil enviou ao país cerca de 37,5 mil pessoas desde 2004, quando foi escolhido para comandar o braço militar da missão. publicado: 31/08/2017 20h42, última modificação: 23/12/2017 10h27. A+; A; A-. Ouvir. Tweet · Compartilhar no Google+.e mais »

Estupros, cólera e 30 mil mortos: conheça o legado da Minustah no Haiti - Brasil de Fato

Soldados brasileiros desembarcaram no Haiti, em 2004, para liderar tropas de diversas nações da Missão das Nações Unidas para a Estabilização do país, a Minustah. Nesta sexta-feira (1º), após 13 anos, eles retornam ao Brasil e, até outubro, todos os ...e mais »

Cerimônia em Porto Príncipe marca fim de missão brasileira no Haiti - Portal Brasil

Mais de 37 mil militares brasileiros participaram da Operação de Paz nos 13 anos de missão no país. Etapa final de desmobilização será concluída até 15 de outubro. publicado: 01/09/2017 15h17, última modificação: 23/12/2017 10h35. A+; A; A-. Ouvir.e mais »

Experiência militar e destaque internacional estão entre legados que missão de paz no Haiti deixa ao Brasil - Globo.com

Militares brasileiros adquiriram experiência com ações urbanas na Minustah; general vê ganho logístico e operacional. Para especialista, resta saber se país saberá manter aprendizado. Por Tahiane Stochero e Marina Franco, G1 — Porto Príncipe e São ...e mais »

Brasil encerra participação na missão de paz da ONU no Haiti - Globo.com

Em cerimônia em Porto Príncipe, Jungmann diz que países discutem possível apoio brasileiro para recriação do Exército haitiano. Nenhuma autoridade local participou do ato. Por Tahiane Stochero, G1, em Porto Príncipe. 01/09/2017 01h34. Facebook.e mais »

Militares brasileiros deixam um Haiti pacificado, diz Jungmann - Jornal O Globo

PORTO PRÍNCIPE — Passados 13 anos, foi encerrada oficialmente nesta quinta-feira a participação das Forças Armadas brasileiras na pacificação do Haiti. Uma cerimônia com a presença do ministro da Defesa, Raul Jungmann, foi realizada dentro do ...e mais »

Brasil encerra missão de paz no Haiti - Deutsche Welle

O Brasil encerra nesta sexta-feira (1º/09) sua presença no Haiti após 13 anos liderando militarmente a Missão das Nações Unidas para a Manutenção no Haiti (Minustah), iniciada em 2004, após um golpe que provocou a renúncia do então presidente ...e mais »

Brasil encerra atividade militar no Haiti nesta quinta-feira (31) - ONU (liberação de imprensa)

Nesta semana, as tropas brasileiras se despedem oficialmente da missão da Organização das Nações Unidas no Haiti depois de mais de uma década. Será realizada na próxima quinta-feira (31), às 19h de Porto Príncipe (20h em Brasília), a cerimônia que ...e mais »