Notícias do dia

  • Vão os "copos e as mulheres" tramar Dijsselbloem? - Jornal de Negócios - Portugal

    Na sua campanha para se manter à frente do Eurogrupo até ao fim do mandato, cargo colocado em causa pelo desastroso resultado do partido trabalhista nas eleições holandesas, Jeroen Dijsselbloem resolveu dar uma entrevista a um jornal alemão. 1.e mais »

  • Eurogrupo: Dijsselbloem pode candidatar-se a novo mandato - Jornal Económico (liberação de imprensa)

    Eurogrupo: Dijsselbloem pode candidatar-se a novo mandato - Jornal Económico (liberação de imprensa);

    O holandês não tem de ser ministro de um governo no activo. A sua permanência na liderança do Eurgrupo tem a ver com a confiança dos ministros que fazem parte da estrutura. Francois Lenoir/REUTERS. O presidente do Eurogrupo, o holandês Jeroen ...e mais »

  • As vozes que já se juntaram ao coro de críticas a Dijsselbloem - Notícias ao Minuto (liberação de imprensa)

    As vozes que já se juntaram ao coro de críticas a Dijsselbloem - Notícias ao Minuto (liberação de imprensa);

    Várias vozes europeias uniram-se, nos últimos dias, nas críticas ao líder do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, na sequência de declarações sobre os países do sul da Europa e algumas pediram a demissão do político holandês. Mundo Polémica. Lusa ...e mais »

  • Ministro espanhol das Finanças poderá suceder a Dijsselbloem - RTP

    Após as polémicas declarações do presidente do Eurogrupo, já se fala de uma nome para suceder a Jeroen Dijsselbloem. Luís de Guindos poderá ser candidato ao lugar e conta com o apoio do Governo português. Luis de Guindos não pertence à familia ...e mais »

  • Eurogrupo: Governo apoia troca de Dijsselbloem pelo ministro da Economia espanhol - Jornal Económico (liberação de imprensa)

    Eurogrupo: Governo apoia troca de Dijsselbloem pelo ministro da Economia espanhol - Jornal Económico (liberação de imprensa);

    Apesar de Luis de Guindos ainda não ter oficializado a candidatura à presidência do Eurogrupo, a 'geringonça' apoia o governante espanhol. Rafael Marchante/Reuters. O Governo considera que o ministro da Economia espanhol, Luis de Guindos, é um ...e mais »

  • Governo apoia ministro espanhol para o lugar de Dijsselbloem - Diário de Notícias - Lisboa

    Governo apoia ministro espanhol para o lugar de Dijsselbloem - Diário de Notícias - Lisboa;

    Consenso da esquerda à direita contra declarações do ministro holandês. Luis de Guindos poderá ser o senhor que se segue. Se for, tem o apoio declarado de Lisboa. Como se esperava, as polémicas afirmações do presidente do Eurogrupo, o holandês ...e mais »

  • Dijsselbloem. Um controverso discípulo de Schäuble a caminho do desemprego - Sol (Inscrição)

    Dijsselbloem. Um controverso discípulo de Schäuble a caminho do desemprego - Sol (Inscrição);

    Embora calmo e imperturbável, Dijsselbloem apresenta um historial relevante de comentários polémicos e insultuosos. Resultado humilhante do PvdA, nas eleições holandesas, dificilmente possibilitará a manutenção dos cargos de ministro das Finanças e ...e mais »

  • Futuro de Dijsselbloem no Eurogrupo cada vez mais incerto - Público.pt

    Futuro de Dijsselbloem no Eurogrupo cada vez mais incerto - Público.pt;

    Só o presidente da Comissão Europeia, Jean-Claude Juncker, assumiu a defesa do ministro das Finanças holandês. Vasco Gandra. 22 de Março de 2017, 23:45. Partilhar notícia. 1 partilhas; Partilhar no Facebook · Partilhar no Twitter · Partilhar no ...e mais »

  • Da França que não é norte nem sul para falar do coração: Europa - Diário de Notícias - Lisboa

    Da França que não é norte nem sul para falar do coração: Europa - Diário de Notícias - Lisboa;

    Os ministros das Finanças holandês, Jeroen Dijsselbloem, espanhol, Luis Guindos, e grego, Euclid Tsakalotos, em dezembro de 2015 em Bruxelas. Declarações de Dijsselbloem sobre países do Sul da Europa revelam a existência de diferentes perceções e ...e mais »

  • "Não tenho qualquer intenção de me demitir", diz Dijsselbloem - Correio da Manhã

    O presidente do Eurogrupo, Jeroen Dijsselbloem, lamentou esta quarta-feira que haja quem se tenha sentido ofendido com as suas declarações, desculpando-se com a cultura Calvinista holandesa e salientou não ter qualquer intenção de se demitir.e mais »