Polícia do Rio recolhe colchão do lugar onde o crime de estupro coletivo aconteceu. - Momento Verdadeiro (Blogue)

Novas informações sobre o caso do estupro coletivo de uma garota de 16 anos no Estado do Rio de Janeiro. Os jovens Lucas e Raí, suspeitos de evolvimento no crime, devem ser transferidos ainda hoje para o Complexo Penitenciário de Bangu, na Zona ...

Colchão onde jovem teria sofrido estupro é apreendido e será periciado - Jornal Extra

A Polícia Civil apreendeu, nesta terça-feira, um colchão que ficava no imóvel conhecido como “abatedouro”, no Morro do Barão, na Praça Seca, onde a jovem de 16 anos foi estuprada. O objeto foi encaminhado ao Instituto de Criminalística Carlos Éboli ...

Polícia vai realizar perícia em colchão usado durante estupro coletivo no Rio - Globo.com

A Polícia Civil do Rio informou, na manhã desta quarta-feira (1°) que vai realizar uma perícia no colchão usado no estupro coletivo da jovem de 16 no Morro São José Operário, Zona Oeste da cidade. O colchão foi recolhido nesta terça (31) por policiais ...

Vídeo de estupro de menina por mais de 30: Polícia apreende colchões com sangue - Blasting News

Menina vítima de estupro coletivo no Rio de Janeiro está agora em programa de proteção. Colchão com sangue - Imagem/Divulgação. Publicidade. A Polícia Civil do Rio de Janeiro tenta desvendar os segredos por trás de um estupro coletivo que aconteceu ...

Polícia volta ao local do estupro coletivo no Rio e apreende colchões com sangue - Catraca Livre

Em nova operação no morro da Barão, na zona oeste do Rio, a Polícia Civil apreendeu nesta terça-feira, 31, dois colchões com manchas de sangue no local chamado de “abatedouro” pelos suspeitos do crime. Um dos seis suspeitos do crime já foi preso.