Parceiros sociais são recebidos hoje pelo Presidente da República - Notícias ao Minuto

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, começa hoje a receber os parceiros económicos e sociais no Palácio de Belém sobre o Orçamento do Estado para 2018, depois de ter ouvido os sete partidos com assento parlamentar. Parceiros ...

Presidente quer alternativas claras de governação - Diário de Notícias - Lisboa

Às águas turvas, o Presidente da República prefere as águas claras de uma alternativa na governação. Marcelo Rebelo de Sousa disse-o ontem no discurso da cerimónia dos 107 anos da implantação da República, pontuado por uma síntese de recados ...

Partidos à direita sublinham necessidade de fixar metas - RTP

O primeiro-ministro não quer comentar este apelo de convergência feito pelo Presidente da República. Já os partidos à direita concordam com Marcelo Rebelo de Sousa. Há necessidade de fixar metas, assinalar o que corre bem mas também não esconder ...

Professores exigem "colocação administrativa, já" - Renascença

Dezenas de professores manifestaram-se junto ao local das cerimónias comemorativas do 5 de Outubro em Lisboa, presididas pelo Presidente da República, gritando "justiça" e "colocação administrativa, já", em protesto contra o concurso de professores.

Marcelo pede "humildade cívica" e "grandeza de alma para convergências" - Açoriano Oriental

O Presidente da República pediu hoje "humildade cívica" para reconhecer o que corre bem e mal e insistiu com os protagonistas políticos para que pensem mais a prazo e tenham "grandeza de alma para fazer convergências". No seu discurso na sessão ...

As três mensagens de Marcelo no 5 de Outubro - ECO Economia Online

O Presidente da República alertou para a euforia com momentos que são efémeros e apelou às várias cores partidárias para que tenham "grandeza de alma" e cheguem a consensos políticos. Marcelo Rebelo de Sousa falou, esta quinta-feira, no habitual ...

O que disse Marcelo nas entrelinhas este 5 de outubro - Observador

Veja aqui a descodificação do que disse o Presidente no dia da República: os recados, os destinatários de críticas, as referências implícitas, os significados da intervenção. Por Vítor Matos. Partilhe. PAULO NOVAIS/LUSA ...

5 de outubro: Marcelo quer segurança como "penhor de tranquilidade" - TSF Online

Sem referir casos concretos, o Presidente da República disse que os portugueses têm que saber que vidas e bens "estão seguros". Aos políticos pediu "humildade cívica" para reconhecer erros e sucessos. Foto: Manuel de Almeida/Lusa. TSF com Lusa.

Marcelo sublinha que não há "sucessos eternos nem revezes definitivos" - Sol

O Presidente da República fez, esta quinta-feira, uma única referência às eleições autárquicas de domingo, dizendo que "devem ser encaradas com apreço", pelo "envolvimento cívico" demonstrado pela diminuição da abstenção. Marcelo Rebelo de Sousa ...

Costa não comenta apelo de Marcelo à convergência - RTP

O primeiro-ministro não comenta o apelo de convergência com outros partidos feito pelo Presidente da República. Já os partidos à direita concordam com Marcelo Rebelo de Sousa relativamente à necessidade de fixar metas e assinalar o que corre bem e ...

Marcelo pede grandeza de alma para obter convergências - RTP

Marcelo Rebelo de Sousa diz que os políticos devem pensar a médio e longo prazo. Até porque não há sucessos eternos. E pediu a todos coragem para reconhecerem o que no último ano foi bem feito, mas também o que correu menos bem. Na cerimonia ...

Manifestação de professores pede "colocação administrativa, já" - Notícias ao Minuto

Dezenas de professores manifestaram-se hoje junto às cerimónias comemorativas do 05 de Outubro em Lisboa, presididas pelo Presidente da República, gritando "justiça" e "colocação administrativa, já", em protesto contra o concurso de professores.

“Não há sucessos eternos nem reveses definitivos”, avisa Marcelo no 5 de outubro - Expresso

Um caderno de encargos para o Governo das esquerdas, recados para a classe política e avisos diretos a António Costa. Foi assim o discurso de Marcelo Rebelo de Sousa esta quinta-feira no 5 de outubro. Em sete minutos, o Presidente da República pediu ...

"Não há sucessos eternos nem revezes definitivos", diz Marcelo - Público.pt

Presidente diz que o 5 de Outubro deve servir para um exercício de “humildade cívica” que permita “reconhecer o que correu bem ou muito bem e o que correu mal ou muito mal" e pede “reforço de credibilidade” das funções de soberania. Leonete Botelho.

Professores protestam no 5 de Outubro. Marcelo deixa recados para todos - Diário de Notícias - Lisboa

"Marcelo amigo, queremos falar contigo!", gritaram dezenas de docentes. O PR já tinha saído da Praça do Município. No momento em que Marcelo Rebelo de Sousa saía para o seu carro, depois de dada por encerrada a cerimónia do 5 de Outubro, ...

Marcelo alerta que "não há sucessos eternos nem reveses definitivos" - Jornal de Negócios - Portugal

Presidente da República faz discurso de unidade nacional e pede ao políticos que garantam que a crise económica não regressa mais. Marcelo alerta que "não há sucessos eternos nem reveses definitivos". Cofina Media. 1. Guardar Imprimir. Marta Moitinho ...

PR saúda “envolvimento cívico” nas autárquicas e alerta que não há “sucessos eternos” - DNoticias

Esta foi a única referência explícita que Marcelo Rebelo de Sousa fez às eleições de domingo na sessão solene comemorativa do 107.º aniversário da Implantação da República. FOTO Lusa. O Presidente da República considerou hoje que as eleições ...

Marcelo pede a partidos “convergências”, mantendo “salutares divergências” - Jornal Económico

Nas comemorações do 5 de outubro, o Presidente da República reafirmou ainda a necessidade de humildade cívica. Manuel de Almeida/Lusa. O Presidente da República defendeu uma democracia que não se foque apenas no curto prazo, mas que pense ...

PR saúda "envolvimento cívico" nas autárquicas e alerta que não há "sucessos eternos" - Destak

O Presidente da República considerou hoje que as eleições autárquicas de domingo "devem ser encaradas com apreço", pelo "envolvimento cívico" demonstrado pelos portugueses, realçando a diminuição da abstenção. Esta foi a única referência explícita ...

Marcelo apela a “segurança interna como penhor de tranquilidade” - Observador

Marcelo falou da democracia, mas também de Pedrógão sem dizer o nome, ao apelar a "uma segurança interna que seja encarada como penhor de tranquilidade" sobretudo nos momentos "críticos". Partilhe. LUSA ...