• Foi apontado a FC Porto e Benfica, mas assinou pelo Bayer Leverkusen

    www.ojogo.pt
  • Idosa morre em incêndio no Peso da Régua

    www.jn.pt
  • Morreu o primeiro urso polar nascido nos trópicos 16:19

    www.sabado.pt
  • Síria: Doadores mobilizam 3,6 mil milhões de euros de ajuda humanitária

    www.rtp.pt
  • Capitães dizem que missão ainda não acabou

    www.jn.pt
  • Homicida de jovem jornalista sueca condenado a prisão perpétua

    www.publico.pt
  • Irã e Rússia rejeitam qualquer novo acordo nuclear

    istoe.com.br
  • Despiste provoca três feridos graves em Braga

    www.cmjornal.pt
  • Fazendeira pode ser irmã gémea de Donald Trump

    www.cmjornal.pt
  • Incêndio num poço de petróleo ilegal na Indonésia faz 18 mortos

    observador.pt
  • Guru indiano condenado a prisão perpétua por violação de adolescente

    www.dn.pt
  • Presidente da Comunidade de Madrid apanhada a roubar em vídeo demite-se

    observador.pt
  • 'Cowboy' reage e imobiliza assaltante durante roubo no México; vídeo

    www.noticiasaominuto.com.br
  • Maxi disposto a baixar salário para ficar no Dragão

    www.abola.pt
  • Em direto/ Polémica com cadeiras vazias no 25 de Abril

    observador.pt
  • Reclusas transformam-se em modelos e “esquecem” dureza da prisão de Tires

    observador.pt
  • Espanha faz apreensão recorde de cocaína

    g1.globo.com
  • Lusodescendente entre os feridos do atropelamento em Toronto

    www.abola.pt
  • Francisco J. Marques diz que "estamos a viver um 25 de abril no futebol português"

    www.cmjornal.pt
  • CR7. O inimigo n.º 1 do Bayern quer mais um recorde de Di Stéfano

    www.dn.pt
  • OPAQ visitou um segundo local de alegado ataque químico em Douma

    Peritos da Organização para a Proibição das Armas Químicas (OPAC) deslocaram-se hoje a um segundo local em Douma, no ex-enclave rebelde sírio de Ghouta oriental, alvo de um alegado ataque químico no início de abril, anunciou a organização.

    Ex-ministro grego Varoufakis no desfile de 25 de Abril em Lisboa

    O ex-ministro das Finanças da Grécia, Yanis Varoufakis, do partido de esquerda Syriza, participa na manifestação comemorativa dos 44 anos da Revolução dos Cravos, que tem lugar, esta quarta-feira, na Avenida da Liberdade, em Lisboa.

    Oposição cabo-verdiana acusa Governo de "atentado direto" à liberdade de imprensa

    O maior partido da oposição cabo-verdiana (PAICV) classificou hoje, no parlamento, a reação do Governo ao tratamento jornalístico do relatório sobre direitos humanos dos Estados Unidos como "um atentado direto" à liberdade de imprensa.

    Presidente do Las Palmas fica em liberdade

    Miguel Ángel Ramírez tinha sido detido esta quarta-feira, ao chegar ao aeroporto de Gran Canaria. O presidente do Las Palmas, Miguel Ángel Ramirez, detido ao chegar ao aeroporto de Gran Canaria, foi libertado após ter sido presente a um juiz, que o acusou de fraude à segurança social.

    Maria João Bastos: "adoro viajar, é uma das minhas grandes paixões”

    A atriz esteve num evento da Guerlain, na loja Perfumes & Companhia do Colombo, onde revelou à CARAS que vai regressar ao Brasil após um mês intenso em Portugal.

    Martin Scorsese distinguido com o Prémio Princesa das Astúrias de Arte

    O cineasta norte-americano Martin Scorsese foi distinguido hoje em Oviedo (Espanha) com o Prémio Princesa das Astúrias das Artes pela "excelência" do seu trabalho criativo que o tornou um dos realizadores "mais destacados" do movimento de renovação cinematográfica.

    Estudo denuncia "tsunami" de jogos combinados em torneios secundários

    O relatório não concluiu "um problema generalizado" nos Grand Slam e nos principais torneios do circuito, mas admitiu "alguns problemas". Os torneios secundários de ténis, future e challenger, são afetados por um "tsunami" de jogos combinados, revelou um relatório independente, realizado após as denúncias da Unidade para a Integridade do Ténis (TIU), em janeiro de 2016.

    Jardim Mário Soares tem púlpito para cidadãos tomarem a palavra, a "grande arma"

    O púlpito encontra-se no centro de um pequeno anfiteatro circular, na zona sul deste espaço verde no Campo Grande, em frente à casa onde morou Mário Soares.

    IndieMusic, uma das grandes ideias do IndieLisboa em 13 notas

    O contrário pode existir, mas não existe público de cinema alternativo que não adore música. Por isso o IndieMusic é uma boa ideia. O festival decorre entre 26 de abril e 6 de maio e os filmes do IndieMusic são exibidos no cinema São Jorge e na Culturgest. O C7nema fez um inventário da programação – e uma divisão temática em três partes – meramente ilustrativa e tão artificial quanto qualquer separação. De denominador comum encontrou isto: música é ousadia, desafio, esticar os limites. Ou, pelo menos, aquela que possa, de alguma forma, ser associada ao espírito indie. E é também empreender: a rebelião não pode esperar pelas estruturas estabelecidas. Assim, não é à toa que o punk está um pouco por todo o lado – seja em testemunho direto (Here to Be Heard: The Story of The Slits) ou dos seus herdeiros (o rock escocês de Teenages Superstars, as L7 em Pretend We’re Dead, os loucos empreendimentos de Stuart Sweezey em Desolation Center). Betty, They Saying I’m Different. Mais mulheres fortes estão no universo do “funk” em Betty, They Saying I’m Different, sobre a rainha do funk Betty Davis, e na música eletrónica em M.I.A., Maya, Matangi que, por seu lado, dispensará maiores apresentações. De origem negra tem a música pela qual os   portugueses travaram duras batalhas para verem aceites aquilo que adoravam: hip hop, grafite, breakdance. Dois filmes contam essa história – Não se Pode Criar o Mundo Duas Vezes e Hip to da Hop, aos quais, por afinidade temática, pode se incluir French Waves – ou a grande luta das raves contra a repressão em território francófono. Outros andamentos: do universo da música erudita vem o belo Ryuichi Sakamoto: Coda, dos primórdios do jazz fusion Milford Graves: Full Mantis e da longínqua, culturalmente falando, Etiópia, vem Ethiopiques.   PUNK, ROCK, REBELIÃO: FAÇA VOCÊ MESMO – PARTE 1.   HERE TO BE HEARD: THE STORY OF THE SLITS (William E. Badgley) Tipicamente essa banda de ladies enfurecidas consta frequentemente na historiografia do punk como a banda de abertura de The Clash e Sex Pistols. O machismo não lhes foi de todo desconhecido – antes pelo contrário: quando a arrasadora onda iconoclasta varreu as ilhas britânicas e mudou o mundo da música para sempre, isso não significou que as mulheres estavam convidadas para a festa. O filme narra como as Slits derrubaram a porta a pontapés.   L7 – PRETEND WE’RE DEAD (Sarah Price) Quem aproveitou tudo isso uma década depois foi outra girls band poderosíssima – com uma diferença crucial: enquanto as Slits nunca ultrapassaram o underground, a banda de Donita Sparks, Jennifer Finch, Demetra Plakas e Suzy Gardner arrebentou nos charts e legou para posteridade um pequeno clássico punk-rock-grunge-pop: Bricks Are Heavy. A história segue com diversão garantida e a mais original e divertida sequência de abertura da seção.   DESOLATION CENTER (Stuart Sweezey) Os punks fogem da polícia para o deserto em Desolation Center. O filme narra as aventuras do muito empreendedor Stuart Sweezey, que a alturas no filme até se compara a Fitzcarraldo (personagem do clássico de Werner Herzog que comandava o transporte de um navio pela floresta amazónica) no sentido de meter-se em empreitadas difíceis. O resultado são algumas epifanias coletivas muito peculiares – e por lá passam, entre outros, reis do noise como o Sonic Youth ou alguns dos primeiros exploradores do rock industrial, os germânicos do Einstürzende Neubauten.   TEENAGE SUPERSTARS (Grant McPhee) Outro lugar a entrar na história depois das possibilidades abertas pelo punk foi Glasgow. Os frutos começaram a nascer a meio dos 80s, especialmente inspirados em mentores como The Pastels e, principalmente, o selo Creation. A partir daí um leque de bandas de referência inscreveram-se na história, compondo uma invasão escocesa protagonizada por Jesus & Mary Chain, Soup Dragons, Primal Scream e os multiplatinados Oasis. A narração é de Kim Deal – a baixista dos Pixies.   RAVES, HIP HOP, REBELIÃO: FAÇA VOCÊ MESMO 2.   NÃO SE CONSEGUE CRIAR O MUNDO DUAS VEZES (Francisco Noronha, Catarina David) Da sabedoria de um dos criadores dos Mind da Gap saiu o nome deste filme, que traça um panorama tão amplo quanto possível de um instante no tempo impossível de recriar. Por outras palavras, a dado momento um grupo de rappers do Porto (mais precisamente de Vila Nova de Gaia) começou a introduzir em Portugal um estilo de música e artes associadas vindo dos guetos nova-iorquinos. O resultado da interpretação foi longevo – sente-se até hoje. Além dos citados Mind da Gap, os Dealema e muitos, muitos outros, fazem as rimas.   HIP TO DA HOP (Fábio Silva, António Freitas) Hip Hop e cultura de rua num âmbito espacial alargado (o título refere-se à Viagem a Portugal em 4 Vertentes) e que coloca no mesmo plano que a música outras áreas ligadas ao fenómeno – como o grafite e o breakdance. Os artistas entrevistados discutem a evolução do cenário em Portugal – das dificuldades iniciais à massificação – enquanto muitos revelam os seus métodos de trabalho.   FRENCH WAVES (Julian Stark) Já não havia punks para inspirar a juventude nos anos 90 – mas havia os DJs. Os primeiros, que ainda promoviam raves ilegais e eram frequentemente importunados pela esquadrão do conservadorismo repressor – a polícia. Os Daft Punk, como sempre, só aparecem em “espírito”, mas por aqui andam Bob Sinclair e Laurent Garnier e, ainda mais, a novíssima geração, que já não promove raves e, muito sintomaticamente, trabalha sozinha a partir de casa.   MATANGI/MAYA/M.I.A. (Steve Loveridge) Mais artistas houvessem como M.I.A. em termos de posicionamento político público e talvez o mundo fosse um lugar melhor. A abrir com um “eu estaria enterrada no álcool e nas drogas se não me expressasse”, o título do filme passa pelos seus diversos batismos e a história por muitos momentos – dos backstage dos Elastica ao remoto Sri Lanka.   BETTY – THEY SAY I’M DIFFERENT (Phil Cox) Outra história no feminino – a de Bette Davis e o seu epíteto de “rainha do funk”. Mais uma nos anos 70 – que continuava a não ser lugar para mulheres – particularmente aquelas que compunham e produziam as suas próprias músicas e não ostentavam a imagem desejada para o seu sexo. O título do filme foi o mesmo escolhido por ela para o segundo álbum espelha justamente esse sentimento.   STUDIO 54 (Matt Tyrnauer) Há cenas culturais que não seria as mesmas sem os grandes templos e vários filmes da seção IndieMusic falam destes “santuários” onde tudo começou. Studio 54, no entanto, debruça-se só sobre um deles – a icónica discoteca de Nova Iorque que foi o templo da disco music e de um império de hedonismo louco e inevitável decadência. Estrelando, os mentores do empreendimento: Ian Schrager e Steve Rubell. E, claro, muitas personalidades.   OUTROS ANDAMENTOS.   RYUICHI SAKAMOTO: CODA (Stephen Schible) Há de figurar no saldo final dos grandes momentos deste IndieLisboa este trabalho em torno do músico, ator e ativista japonês. Longe do barulho, a poesia meditativa do homem que foi chamado para ser intérprete em Feliz Natal, Mr. Lawrence, clássico de Nagisa Oshima, mas “na arrogância da juventude” disse que só aceitava se fizesse a banda sonora (legou um dos seus momentos mais conhecidos, “Forbidden Colours”) e entre imagens de Tarkovsky e retornos no tempo vai construindo o seu percurso e revelando o seu processo criativo.   MILFORD GRAVES: FULL MANTIS (Jake Meginsky, Neil Young) Cinematograficamente o mais inquieto dos filmes da IndieMusic, onde a preocupação em sintonizar com o biografado em experimentos formais o leva ao uso dos mais variados recursos estilísticos. O virtuoso baterista que esteve nas origens dos jazz fusion a partir do final dos anos 60 não é apenas o homem por trás de tambores ensurdecedores, mas também alguém dotado de uma filosofia de vida e uma perspetiva do universo muito particular.   ETHIOPIQUES – REVOLT OF THE SOUL (Maciek Bochniak) Mais que de música Ethiopiques avança por melhores tempos na vida da Etiópia, onde um regime de tolerância cultural possibilitou uma ampla diversidade originada da música local no cruzamento com obras ocidentais. Em 1974 tudo mudou com um golpe militar e uma ditadura subsequente. Somente 22 anos depois toda essa vitalidade chegou a Europa quando um jornalista organiza uma série de álbuns que chegaram a ate ao volume 30. O nome da coleção: Ethiopiques.

    Internacional turco colocado na órbita do Benfica

    Yusuf Yazici, de 21 anos, foi associado às águias pela imprensa turca. Com Talisca na eminência de se transferir a título definitivo para o Besiktas, a imprensa turca colocou outro jogador a atuar na Turquia na órbita do Benfica. De acordo com o site Fotospor, trata-se de Yusuf Yazici, médio do Trabzonspor, internacional turco em seis ocasiões.

    Costa afirma que só Marcelo pode esclarecer o que disse sobre messianismo

    O primeiro-ministro manifestou-se nesta quarta-feira em sintonia com as preocupações transmitidas pelo Presidente da República sobre a democracia, mas considerou que só o próprio chefe de Estado pode esclarecer o que disse sobre "messianismo" e "endeusamento" dos políticos. António Costa falava aos jornalistas no início da festa das comemorações do 25 de Abril de 1974 nos jardins de São Bento, depois de interrogado sobre a forma como recebeu o discurso esta manhã proferido por Marcelo Rebelo de Sousa na Assembleia da República.

    Indiferente aos rumores, Sara Prata assegura: “não estou apaixonada”

    Desvalorizando as notícias sobre uma possível reconciliação com o manequim Ricardo Oliveira, a atriz garantiu que está solteira. Neste momento, Sara está totalmente dedicada ao trabalho.

    Hoje decide-se o título nacional feminino: Sereias querem mais uma festa

    Leixões espera sagrar-se bicampeão nacional feminino e o Clube K pretende estrear-se como vencedor. Catarina Costa, capitã leixonense, conta com uma enchente na Nave Ilídio Ramos para a "negra" do campeonato e acredita na revalidação do título, mas reconhece que o Clube K tem vindo a crescer. O encontro pode ver visto em www.jogo.pt.

    Presidente da Comunidade de Madrid demite-se após divulgação de vídeo de furto

    Depois da polémica do mestrado, Cristina Cifuentes não resistiu à divulgação de um vídeo sobre um roubo de produtos cosméticos num supermercado A presidente conservadora da região autónoma de Madrid, Cristina Cifuentes, anunciou esta quarta-feira a sua demissão, após acusações de obtenção fraudulenta de um mestrado e da divulgação de um vídeo de um furto de produtos cosméticos num supermercado, em 2011.

    "Senha" de Abril cantada por centenas em Vizela

    O concerto de Paulo de Carvalho juntou centenas de pessoas, que ouviram "E depois do Adeus".

    Foi apontado a FC Porto e Benfica, mas assinou pelo Bayer Leverkusen

    É dada como fechada a transferência do avançado Paulinho, que trocará o Vasco da Gama pela Alemanha, em julho, quando completar 18 anos. A notícia foi avançada pela ESPN e o GloboEsporte dá-a como confirmada, esta quarta-feira: Paulinho, jovem craque do Vasco da Gama, será jogador do Bayer Leverkusen. O nome do avançado, de apenas 17 anos, foi notícia em Portugal, recentemente. Apontado como possível reforço do Benfica e depois do FC Porto, Paulinho muda-se para a Europa, mas com destino à Alemanha.

    Wenger diz que decisão de deixar o Arsenal não partiu de si e que não se vai reformar

    O treinador Arsène Wenger disse hoje que a decisão de deixar o Arsenal não partiu de si, mas do clube inglês de futebol que orienta há mais de 21 anos, e que não se irá reformar no final da época.

    Resultados finais de música e cruzamentos com mais 26 entidades apoiadas

    Os resultados definitivos do programa de apoio sustentado da Direção-Geral das Artes (DGArtes) para as áreas da Música e dos Cruzamentos Disciplinares foram publicados hoje. Orquestra de Câmara Portuguesa e Circolando entre as 26 novas estruturas agora apoiadas.

    FC Porto deixou cartão de visita: sub-19 encantaram Abidal e Mendieta

    Youth League Rui Pires, Moreto, Romário, Madi e Diogo Costa foram alguns dos que ficaram na retina dos observadores que marcaram presença na Youth League. O JOGO falou com alguns, entre os quais Abidal e Mendieta.

    Liberdade de imprensa ameaçada em Estados democráticos

    Relatório "Ataques ao vivo: O estado da liberdade de imprensa no mundo 2017-2018" identifica os líderes populistas como a principal ameaça à liberdade de expressão.

    Fernanda Ferreira Velez volta a conquistar famosas com o seu Mercadito da Carlota

    Desde que criou o primeiro Mercadito da Carlota, em 2011, Fernanda Ferreira Velez tem somado sucessos em cada edição. E a 19.ª não foi exceção: contou com a participação de mais de 100 marcas, maioritariamente portuguesas, de moda infantil, senhora e decoração, e, acima de tudo, atraiu milhares de visitantes, entre eles muitas mães famosas. “Este dia é sempre uma grande loucura e este mercado continua a ser muito desafiante para mim, porque estou sempre a inventar coisas novas” , explicou a mentora deste evento. Habituada a visitar o mercado, Ana Garcia Martins, conhecida pelo blogue A Pipoca Mais Doce, aproveitou a oportunidade para comprar presentes para a sua filha, já que está grávida de cinco meses: “Já estou a preparar a chegada do bebé, e apesar de hoje também vir ver coisas para o Mateus [o filho, de quatro anos], vou ver maioritariamente para ela.” fotos: Fernando Costa

    Barcelona: Novak Djokovic eliminado pelo 140º da hierarquia mundial

    Novak Djokovic não conseguiu levar a melhor sobre Martin Klizan. O sérvio Novak Djokovic, antigo líder do ranking mundial de ténis, foi eliminado no seu primeiro encontro no torneio de Barcelona, frente ao eslovaco Martin Klizan, 140.º da hierarquia, por 6-2, 1-6 e 6-3.

    Dinamarquês que matou jornalista no submarino condenado a prisão perpétua

    O inventor dinamarquês Peter Madsen foi condenado hoje a prisão perpétua por torturar e assassinar a jornalista sueca Kim Wall no seu submarino privado em agosto de 2017, perto de Copenhaga.

    Os "melhores" filmes documentários portugueses projetados em Madrid

    O centro cultural Matadero de Madrid inicia hoje, na sua cinemateca, com a apresentação do filme "O Bom Povo Português", um ciclo com os "melhores" filmes documentários portugueses contemporâneos.

    Manifestações contra salário mínimo de 1,3 euros por hora levam milhares às ruas na África do Sul

    Pelo menos 10.000 pessoas saíram hoje às ruas na África de Sul durante uma greve geral contra a introdução de um salário mínimo de 20 randes por hora (1,3 euros), considerado um "salário de escravo".

    Francisca e Ricardo Pereira: "o amor pelos nossos filhos não tem limites”

    Numa breve passagem por Portugal, onde vieram nos dias de Páscoa para estar com a família, Francisca e Ricardo Pereira aproveitaram para fazer uma sessão fotográfica com os três filhos: Vicente, de seis anos, Francisca, de quatro, e Julieta, de sete meses. Imagens captadas pela lente do fotógrafo e amigo do casal Salvador Colaço que espelham bem a felicidade que estão a viver a cinco. – “Onde comem dois comem três?” É isto que vos costumam dizer, não é? [Risos] Ricardo Pereira – [Risos] É... E a verdade é que é quase isso, com a mais-valia de que ao terceiro filho encaramos tudo de forma mais simples e tranquila. Não nos assustamos com a primeira febre, a primeira tosse... Com o terceiro filho vive-se com menos ansiedade e desfruta-se mais. – São pais razoavelmente descontraídos. É com alguma leveza que se criam três filhos? – Não é com uma leveza assim tão grande que se criam três filhos. Eu e a Francisca queremos ter com os nossos filhos uma relação presente em todos os momentos, e isso exige muito de nós. Abdicamos de alguns momentos de lazer a dois para os acompanharmos. Estarmos muito presentes na educação deles é crucial para o seu desenvolvimento. Tentamos ser descontraídos, tentamos que os ensinamentos que damos a um passem para os outros, fomentamos o espírito de entreajuda, mas estar presente é muito importante. – Onde é que sentiram mais mudanças? – Bem, eles são três e nós dois, e como costumo dizer em tom de brincadeira à Francisca: eles agora estão em maioria. [Risos] Ter três crianças é maravilhoso, muda a nossa alegria. Amamos ser pais, queremos e dedicamo-nos a eles o mais que podemos. Tem sido uma felicidade tremenda, uma conquista muito boa. Ver a família que construímos, termos a família que queremos, sobrepõe-se a qualquer mudança que possamos ter sentido.

    Cláudia Vieira e Andreia Dinis revelam os segredos da sua boa forma física

    Andreia Dinis tem 40 anos, Cláudia Vieira, 39. São mães, atrizes e muito amigas. Mas as coincidências não se ficam por aqui. Adeptas de uma alimentação saudável e da prática regular de atividade física, ambas mostram que estão na sua melhor forma de sempre. Prova disso foi o convite que Cláudia recebeu para ser a primeira capa da reedição da revista Women’s Health. Exibindo as suas curvas e a sua barriga definida, a atriz sente-se feliz por mostrar que o passar dos anos pode tornar uma mulher ainda mais bonita e sensual. “Poderiam ter feito esta capa com uma cara nova, mas escolheram-me a mim. E isso é algo que me enche o ego, sem dúvida. Sinto-me mais segura e confortável agora do que aos 25 anos. Acho que represento as mulheres que gostam de si, que têm fibra. Sinto-me muito bem com este sorriso. Estou feliz comigo mesma”, contou a atriz. Tal como a amiga, Andreia está muito satisfeita com a imagem que vê no espelho, sobretudo depois de ter perdido alguns quilos. “Sinto-me muito bem na minha pele, e isso nota-se. Passei a ter mais cuidado comigo. Bebo muita água, tenho uma alimentação saudável e pratico ioga. Estou completamente apaixonada por esta modalidade. Sinto-me muito mais equilibrada. Fiz 40 anos em dezembro e estou ótima. Vejo rugas e linhas de expressão, mas aceito-as. Sou mais feliz agora do que quando tinha 30 anos” , partilhou a atriz.

    Cineasta Martin Scorsese distinguido com o Prémio Princesa das Astúrias de Arte

    O cineasta norte-americano Martin Scorsese foi distinguido hoje em Oviedo (Espanha) com o Prémio Princesa das Astúrias das Artes pela "excelência" do seu trabalho criativo que o tornou um dos realizadores "mais destacados" do movimento de renovação cinematográfica.

    Laura Figueiredo com Mickael Carreira em evento: “Estou dedicada à Beatriz”

    Afastada da televisão há mais de um ano, Laura Figueiredo tem estado dedicada à filha, Beatriz, de um ano, e assume que já tem vontade de voltar ao ativo, seja na apresentação ou na representação.

    Tony Ramos, 69 anos: “não penso na idade, é apenas um número”

    Tony Ramos esteve em Portugal a convite do Fantasporto. O festival de cinema exibiu, no Rivoli, a série “Vade Retro”, protagonizada pelo ator, e homenageou-o atribuindo-lhe o Prémio Carreira. Acarinhado pelos portuenses, Tony esteve sempre disponível para todos os que o abordaram na rua.

    António Maria “acho que sempre fui um rebelde muito responsável”

    António Maria tem apenas 19 anos e só agora começou a dar os primeiros passos na área da representação. Contudo, bastou interpretar o papel de Kiko na novela Espelho d’Água, em exibição na SIC, para perceber que quer ser ator. Para trás ficou a ideia de prosseguir os estudos na área do desporto. Agora quer estudar representação e adquirir ferramentas para se tornar um profissional mais completo. Terminadas as gravações desta novela, António tem aproveitado para ter formação, estando a aguardar novos projetos. Fora da televisão, o ator é o típico rapaz da sua idade. Gosta de conviver com os amigos e de praticar voleibol e futebol. Discreto, prefere não revelar se está apaixonado. Contudo, na conversa que teve com a CARAS, António assumiu ser um romântico que sonha ter um dia a sua própria família. – Ser ator era um sonho de criança? António Maria – Sempre gostei da área da representação, mas nunca achei possível ser ator, pensei que seria difícil entrar neste meio. Contudo, quando surgiu a hipótese, aproveitei. – O António começou a sua carreira na moda. Foi algo que surgiu naturalmente ou andou à procura dessa oportunidade? – Estava na praia e fui convidado para um casting. Participei no concurso Blast Models Search e ganhei. Mais tarde surgiu o casting para a novela Espelho d’Água. Nas primeiras semanas de trabalho foi complicado, porque estava fora do meio e tive de me adaptar. Quando comecei a gravar mais, fiquei com o bichinho. Nunca me diverti tanto nem nunca me senti tão realizado. Aprendi imenso com os atores com quem contracenei, como a Cristina Homem de Mello, a Mariana Pacheco e o Luís Gaspar. Quero trabalhar muito para mostrar aquilo que valho. Tenho a certeza absoluta de que quero ser ator. – Antes desta oportunidade, como perspetivava a sua vida? – Nessa altura não tinha propriamente um objetivo pelo qual lutar. Gostava muito de fazer desporto e pensava fazer os meus estudos superiores nessa área. Mas, mal comecei a trabalhar como ator, mudei de ideias. Gostava de fazer o conservatório e continuar a trabalhar na área. Ainda tenho tudo para aprender. – Teve uma infância e uma adolescência felizes? – Sim, muito. Sempre tentei ser um rapaz certinho. Ou melhor, acho que sempre fui um rebelde muito responsável. Na escola era o miúdo engraçadinho. Não gosto que me ponham à prova. Se dizem que não consigo, eu vou e faço. Gosto de provar que consigo fazer tudo. A minha mãe é educadora de infância e adora o que faz. O meu pai é economista e também é um ótimo profissional. Cresci com o perfeccionismo deles, que aprendi a valorizar. Sempre fomos...

    Festival de Artes de Macau arranca na sexta-feira com 26 espetáculos e exposições

    O espetáculo do mestre do teatro japonês Tadashi Suzuki é um dos destaques do Festival de Artes de Macau, que arranca na sexta-feira com um programa de 26 espetáculos e exposições, incluindo concertos de fado.

    Corrupção não pára. Mesmo com multas de 9 mil milhões de euros

    Em Portugal, 46% dos inquiridos por este estudo da consultora EY afirmaram que as práticas de suborno/corrupção nos negócios acontecem de forma abrangente.

    Finanças: Como saber o estado do seu reembolso de IRS

    O período de entrega da declaração de IRS decorre até ao próximo dia 31 de maio. Quem já submeteu ou simulou já sabe se vai ou não ser reembolsado. Para os contribuintes que vão ser reembolsados a questão que se coloca é quando irá receber o dinheiro. Hoje ensinamos como podem consultar o estado do seu reembolso de IRS.

    Quer ficar no topo do mundo? Escolha estes alojamentos que ficam nas montanhas

    Se gosta de estar em contacto direto com a natureza, estes alojamentos nas montanhas são de tirar o fôlego e ideais para quem procura umas férias para relaxar.

    Acne nas Costas

    Mesmo que algumas pessoas não apresentem a acne no rosto, elas também podem apresentar o mesmo problema noutros locais, é o caso da acne nas costas. E as causas para que esse tipo de inflamação apareça nessa região podem ser diversas, que vão desde o uso de alguns tecidos de roupas ou medicamentos. Além disso, a falta de lavagem na região, loções ou hidratantes, ou condicionadores e máscaras capilares deixam resíduos na pele e ajudam a desencadear o problema. Faça uma esfoliação na região – Com uma esponja ou escova para as costas durante o banho, faça uma esfoliação para remover resíduos. O conteúdo Acne nas Costas aparece primeiro em Rica Saude.

    Tarantino garante que Leonardo DiCaprio e Brad Pitt serão a próxima dupla mítica — num filme seu, claro

    O cineasta Quentin Tarantino anunciou hoje na abertura da conferência CinemaCon, em Las Vegas, que a dupla do seu próximo filme, Leonardo DiCaprio e Brad Pitt, poderá revelar-se tão lendária como a formada por Paul Newman e Robert Redford. Once Upon a Time in Hollywood ( Era Uma Vez em Hollywood), que será rodado este Verão e se estreará em 2019, tem como pano de fundo os homicídios cometidos pela "família Manson", seita liderada por Charles Manson (1934-2017) cujos crimes horrorizaram os Estados Unidos. Foi a 9 de Agosto de 1969 que membros da família Manson, com Tex Watson à cabeça e comandados por Charles Manson, invadiram a casa de Roman Polanski e da sua mulher, Sharon Tate, e mataram a actriz e quatro outras pessoas. É é a 9 de Agosto de 2019, dia em que se assinalam os 50 anos desse acontecimento, que está marcada a estreia nos EUA do filme.

    Rushdie e o apocalipse americano

    Ler um romance sobre o presente no presente desse romance e julgá-lo friamente é um teste com possibilidade de fracasso. Falta a distância, filtro recomendado a uma análise mais reflectida. É um argumento válido para quem lê, talvez mais ainda para quem escreve. A Casa Golden, 13º romance de Salman Rushdie (Bombaim, 1947), é um exercício arriscado, o de montar um espelho e tentar encontrar no reflexo um pensamento sobre a tragédia do tempo actual. “A nossa época é essencialmente trágica e, por isso, recusamo-nos a assumi-la tragicamente”, lê-se numa das frases escolhidas para epígrafe. Pertence a D. H. Lawrence, em O Amante de Lady Chatterley. Rushdie escolheu-a como simbólica face ao presente de que trata o seu livro, talvez a primeira e mais ambiciosa parábola sobre a América actual, tão actual que já contempla a eleição de Donald Trump, facto ainda mais notável se considerarmos que o original foi publicado no Outono de 2017, menos de um ano após 8 de Novembro de 2016, o dia em que essa América foi para a cama oficialmente mais dividida que nunca. A Casa Golden parece obedecer a uma urgência, a do recém cidadão norte-americano em que Rushdie se tornou, para entender o real em que vive. O romance anterior já resultara da mesma urgência. Mas Dois Anos Oito Meses e Vinte e Oito Noites (D. Quixote, 2015) era uma paródia fantasiosa às Mil e Uma Noites, também contaminado pelo realismo mágico, com recurso à tradição de contar histórias com o propósito de adiar a morte. Neste A Casa Golden, Rushdie deixa muita dessa influência e regressa ao realismo que já marcara algumas das obras anteriores, mas apropria-se da mitologia clássica para sustentar um discurso intemporal. É nisso que joga a carta de tentar descolar o romance de um presente tão presente que o poderia comprometer. É Rushdie a dizer: esta é a circunstância actual da América, um império em queda como outros já caíram.

    TAP tem 120 milhões de euros retidos em Angola

    O mercado angolano tem sido uma boa fonte de receitas para a TAP, mas a transportadora aérea tarda em conseguir usufruir desses ganhos. No final do ano passado, de acordo com o relatório e contas (R&C) da empresa agora disponibilizado, tinham já sido aplicados 80,8 milhões de euros em dívida de curto prazo do Estado angolano, o dobro do valor registado no final de 2016. Esta é uma forma de proteger o dinheiro retido no país por dificuldades na obtenção de divisas para a expatriação do capital (devido à crise que este país atravessa pela baixa do preço do petróleo), já que as operações de compra de obrigações estão indexadas ao dólar (e não ao kwanza, que tem desvalorizado).

    Idade mínima para usar o WhatsApp na Europa passa a ser de 16 anos

    As mudança das políticas de privacidade e a eminente chegada do RGPD (Regulamento Geral de Proteção de Dados) estão a trazer alterações profundas à forma como as empresas tratam os dados dos utilizadores.

    Chá de camomila: poderá este ser o segredo para a maior longevidade das mulheres?

    O  chá de camomila é conhecido pelas suas propriedades calmantes mas, segundo um novo estudo, pode ter outros benefícios, em especial para as mulheres. A investigação, desenvolvida por cientistas da Universidade do Texas, nos EUA, analisou as vantagens deste chá para homens e mulheres de descendência mexico-americana com mais de 65 anos, já que, por tradição, este grupo populacional tende a utilizar a camomila com frequência como remédio natural para tratar diversos tipos de problemas de saúde.

    Reis de Espanha encantados com Vista Alegre

    Durante a visita de Marcelo Rebelo de Sousa ao país vizinho, o presidente português recebeu Felipe VI e Letizia no Palácio Real El Pardo, onde lhes apresentou algumas peças da Vista Alegre. Os reis mostraram-se encantados com as obras que Marcelo lhes ia apresentando. Letizia ficou particularmente deslumbrada com uma peça de Manuel Cargaleiro, Ravello. Trata-se de um enorme centro de mesa cheio de cores e diferentes padrões, bem como alguns apontamentos em ouro.

    Formas originais de adornar tranças

    O seu 'protective style' de sempre não tem de ser necessariamente aborrecido.

    Patrícia Gaspar: A comandante que nos protege

    Fomos conhecer a mulher que foi o rosto da Proteção Civil no difícil verão passado. Uma entrevista para ler na edição de maio da ACTIVA e que nos revela que há vida para além da farda. O making of da sessão fotográfica com Patrícia Gaspar, 2º Comandante Operacional Nacional da Autoridade de Proteção Civil Oficial, fica aqui.

    Guru de fitness mostra flacidez da pele: "quero que vocês vejam que nós não somos perfeitas"

    Sia Cooper é uma é uma treinadora com mais de um milhão de seguidores no Instagram, mas não os conquistou pelo corpo 'perfeito'. Grande parte da sua plataforma dedica-se a encorajar outras mulheres a superarem padrões de beleza pouco realistas, e fá-lo ao mostrar as suas estrias e celulite, sublinhando quais das suas fotos foram retocadas.

    Londres: a mais bela city do Mundo

    Londres, onde o cinzento dos edifícios contrasta com as cores dos cartazes e anúncios, com os parques verdes e com pessoas de diferentes culturas e costumes que dão vida e transformam este local num dos mais icónicos e visitados do mundo. Por ser uma das cidades mais antigas, os monumentos e museus, desde os mais clássicos aos mais excêntricos são pontos de passagem obrigatórios. Londres é a mistura perfeita entre o antigo e o moderno, o clássico e o arrojado.

    Esta mulher transforma a sua marca de nascença em arte

    Era o primeiro dia de aulas e a então pequena Paige Billiot tinha que apresentar-se aos novos colegas de turma. Levantou-se, andou nervosa até ao quadro, olhou em volta e explicou quem era, bem como o que era a sua marca de nascença. "Foi quando notei uma diferença enorme na forma como os outros me viam", contou à revista 'PEOPLE'.

    "Cérebro" humano sobrevive mais de 200 dias... dentro de um rato

    Investigadores do Instituto Salk implantaram células cerebrais humanas num rato e conseguiram que esse organóide sobrevivesse durante 233 dias. A experiência já é considerada um grande avanço para a produção modelos celulares do cérebro o que vai ajudar ao tratamento de doenças mentais e de danos cerebrais.

    NVIDIA apoia investigação pioneira da FCUP

    Multinacional de tecnologia distinguiu projeto que pode ajudar a melhorar o processo de auscultação cardíaca automática, recorrendo à tecnologia para ouvir o que o ouvido humano não consegue.

    ONGA apoiam e congratulam recomendação da Assembleia da República de proibir medicamento veterinário fatal para abutres

    Diclofenac para uso pecuário está a aguardar autorização pelo Governo Português e se for aprovado pode colocar em risco as populações de aves necrófagas ameaçadas em Portugal A Assembleia da República aprovou no final da semana passada o Projeto de Resolução 1433/XIII (1) que recomenda ao Governo Português que não autorize a comercialização de...